quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Quando faz frio... Que fazer?



Informação divulgada pela Protecção Civil:


Na sequência do briefing técnico realizado esta manhã entre a Autoridade Nacional de Protecção Civil, o Instituto de Meteorologia, a Direcção-Geral da Saúde e o Instituto da Solidariedade e Segurança Social, há a salientar um conjunto de medidas de autoprotecção face às temperaturas baixas, em especial durante a noite, em particular entre Sexta-feira e Sábado (dias 3 e 4 de Fevereiro).

É necessário especial atenção aos grupos populacionais mais vulneráveis, crianças, idosos e pessoas portadoras de patologias crónicas. A Direcção-Geral da Saúde recomenda a adopção das seguintes medidas:

• que se evite a exposição prolongada ao frio e as mudanças bruscas de temperatura;

• o uso de várias camadas de roupa, folgada e adaptada à temperatura ambiente;

• a protecção das extremidades do corpo (usando luvas, gorro, meias quentes e cachecol);

• a ingestão de sopas e bebidas quentes, evitando o alcool que proporciona uma falsa sensação de calor;

• especial atenção com a proteção em termos de vestuário por parte de trabalhadores que exerçam a sua atividade no exterior, e evitar esforços excessivos resultantes dessa atividade.



A Autoridade Nacional de Protecção Civil recomenda ainda:

• especial atenção aos aquecimentos com combustão (ex. braseiras e lareiras), que podem causar intoxicação e levar à morte;

• que se assegure uma adequada ventilação das habitações, quando não for possivel evitar o uso de braseiras ou lareiras;

• que se evite o uso de dispositivos de aquecimento durante o sono, desligando sempre quaisquer aparelhos antes de se deitar;

• que se tenha em atenção a condução em locais onde se forme gelo na estrada, adoptando uma condução defensiva;

• especial atenção por parte das famílias e vizinhos, e das redes sociais de proximidade, com as situações de pessoas idosas e em condição de maior isolamento.

Para além das recomendações acima descritas, encontrará informação adicional em www.dgs.pt, www.meteo.pt e www.prociv.pt.

Através da Linha Saúde 24 (808 24 24 24) poderão os cidadãos obter esclarecimentos adicionais sobre os efeitos do frio na saúde, medidas de autoprotecção ou ser devidamente encaminhados para os serviços de saúde quando se justifique.

.

Sem comentários:

Publicar um comentário