quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Maus exemplos de segurança



Em Lisboa, Porto, Coimbra e em muitas outras localidades os acessos através de escadas encontram-se, quase todos, apetrechados com corrimãos, centrais ou laterais, porquanto as respectivas autarquias, desde há muitos anos, consideraram que este acessório era (é) necessário para a segurança dos seus respectivos munícipes.

A Urbanização de Vale Mourão, uma urbanização recentemente construída, uma urbanização que se pretende moderna, não segue, ainda, os bons exemplos de segurança.




 
 
 
 
 
 
 
Veja-se as escadas que da Rua Mário Dionísio dão acesso à Praceta António Gedeão (ou vice versa) e que não são, como as fotos elucidam, um exemplo de segurança.
 
 

 
Esperamos que a visita (vide AQUI) feita à urbanização no passado dia 28 de Setembro, pelos Serviços do Departamento de Urbanismo da Câmara Municipal de Sintra e a Firma Beirobra, com o objectivo de avaliar as situações relacionadas com a segurança de pessoas e bens que seriam consideradas prioritárias, tenham julgado como prioritária a colocação de um corrimão nestas escadas.
 
Embora não seja da responsabilidade directa da Junta de Freguesia de Rio de Mouro a resolução desta necessidade importa que, no âmbito das intervenções que faça na Assembleia Municipal, não descure este e outros problemas.
 
Importa que se não descure o que se passa na urbanização para, pelo menos, manter o nível de qualidade que queremos (os moradores) preservar.
 

Sem comentários:

Publicar um comentário